Gestão de Barragens

Seguimos as diretrizes e recomendações sobre operação e segurança de barragens estabelecidas pela ICOLD (International Commission on Large Dams), comissão  internacional não governamental, que incentiva a troca de informações sobre planejamento, projeto, construção e operação de grandes barragens. Esses padrões e práticas estão em linha com as exigências do ICMM (International Council on Mining and Metals).

Até 2021, implementaremos tecnologias do tratamento de rejeitos com foco na descaracterização das barragens de rejeitos; já somos pioneiros no processo de filtragem de rejeitos de minério de ferro em grande volume, com 100% dos rejeitos filtrados e empilhados a seco em 2020.

Em 2020, 100% do rejeito de minério de ferro é filtrado e empilhado a seco na CSN Mineração.

As barragens construídas pelo método a montante estão em franco processo de descaracterização e descomissionamento. A segurança e o monitoramento das estruturas são feitos por engenheiros e técnicos em geotécnica de barragens. Estamos investindo na independência gradual das barragens e foco na segurança e sustentabilidade do negócio, com a melhor interface com a comunidade do entorno, trazendo o equilíbrio operacional para todos. Nesse sentido, os principais projetos são:

Planta de Filtragem de rejeito I e II

Planta de Concentração Magnética que reduz o volume de rejeitos, CMAI e CMAI II:

Cronograma de descaracterização de barragens da CSN Mineração para os próximos anos