Mineração

Capital Manufaturado
Mapa de atuação

mineracao-icone

Ersa | 99,9%

1 of 3
mineracao-icone

CSN mineração² | 87,5%

Minérios Nacional | 99,9%

CSN Arcos – Mineração | 100%

2 of 3
mineracao-icone

Tecar³ | Filial da CSN Mineração

3 of 3

Capital Manufaturado Mapa de atuação

Clique nos ícones do mapa para ver nossas operações.

Clique nos ícones do mapa para ver nossas operações.

Notas: 1. Nenhuma operação da CSN está localizada em áreas de terras indígenas delimitadas.

              2. Na CSN Mineração, somente a Casa de Pedra é a mina certificada pelo ISO 14.001.

              3. A CSN Mineração detém o direito de exploração do Tecar. O período de arrendamento para operação do Tecar termina em 2047, mediante a realização de novos investimentos.

mineracao-icone MINERAÇÃO Participação
CSN Mineração² | MG 87,5%
Minérios Nacional | MG 99,9%
CSN Arcos - Mineração | MG 100%
ERSA | RO 99,9%
Tecar³ | RJ Filial da CSN Mineração

Notas: 1. Nenhuma operação da CSn está localizada em áreas de terras indígenas delimitadas.                                     2. Na CSN Mineração, somente a Casa de Pedra é a mina certificada pelo ISO 14.001.                                         3. A CSN Mineração detém o direito de exploração do Tecar. O período de arrendamento                                        para operação do Tecar termina em 2047, mediante a realização de novos investimentos.

Processo de extração e beneficiamento

A CSN Mineração S.A, principal controlada da CSN no setor, é a segunda maior exportadora de minério de ferro do Brasil e a sexta do mundo. Os ativos de alta qualidade da CSN Mineração encontram-se no Quadrilátero Ferrífero, com destaque para a mina Casa de Pedra, em Congonhas (MG).

Os produtos do minério de ferro destinados à exportação são transportados pela MRS Logística até o Porto de Itaguaí (TECAR), no Estado do Rio de Janeiro.

Além disso, a CSN possui a mina de Arcos, também em Minas Gerais, que produz três tipos de calcário, usados como matéria-prima para a fabricação de aço e para a produção de clínquer, principal insumo para o cimento.

Em Rondônia, a ERSA, controlada da CSN, produz estanho, matéria-prima da folha de flandres.

Saiba mais

Meio Ambiente

BALANÇO HÍDRICO NA CSN MINERAÇÃO EM 2019

Reciclagem e reuso de água na CSN Mineração

Índice de recirculação médio de água é de 

76,2%,

volume aproximado de 0,65 m³/s

Melhora de

23,4%

na eficiência no uso da

água em 2019 x 2018


46

sistemas de controle

para efluentes e drenagens 

34

pontos de monitoramento

nos cursos d’água situados na área de influência do empreendimento

As informações de monitoramento são encaminhadas para a FEAM (Fundação Estadual do Meio Ambiente), SUPRAMCM (Superintendência Regional de Meio Ambiente – Central Metropolitana) e SUPPRI (Superintendência de Projetos Prioritários do Estado de Minas Gerais).

No conceito de economia circular, a CSN Mineração investiu na construção da planta de concentração magnética, que aumentou nossa eficiência operacional, diminuindo sensivelmente a quantidade de rejeitos que seria disposta nas pilhas de rejeitos. Além disso, a planta de filtragem de rejeitos aumentou nossa eficiência no uso da água, melhorando o nosso percentual de água circulada no processo, que chegará a 95% em 2023.

Biodiversidade

Em Minas Gerais, mantemos 463 hectares de áreas protegidas somente na região da CSN Mineração, o que equivale a três vezes a área ocupada por nossas operações, divididos entre 1.847,00 hectares de reserva legal e RPPN (Reserva Particular do Patrimônio Natural) e 2.584,00 hectares de Mata Atlântica recuperada e/ou restaurada. 

463

hectares de áreas protegidas 

3x

área ocupada por nossas operações

1.847,00

hectares de reserva legal e RPPN

2.584,00

hectares de Mata Atlântica recuperada e/ou restaurada 

Divisão das áreas de preservação mantidas pela CSN Mineração

Unidades de Conservação

Mudanças Climáticas

Saúde e Segurança

Unidades
Grupo
Tx. 2014
Tx. 2015
Tx. 2016
Tx. 2017
Tx. 2018
Tx. 2019
Tx. 2020
CMIN (mina) + MIPE + ERSA
MINERAÇÃO
4,09
1,41
0,97
1,26
1,66
2,16
1,37

Taxa de frequência (CAF + SAF) – Mineração

Segurança de Barragens

Entre 2017 a 2020, foram investidos cerca de R$ 400 milhões em iniciativas para elevar a confiabilidade de suas barragens tais como: descomissionamento de barragens, filtragem e empilhamento de rejeitos secos.

Saiba mais sobre gestão de barragens

Clique aqui e saiba mais sobre a CSN Sem Barragens

Social

Colaborador e, ao fundo, vista da mina Casa de Pedra

Programa da CSN Mineração incentiva visitas de moradores de Congonhas

Para estabelecer um diálogo transparente com as comunidades onde atuamos, esclarecer as dúvidas relacionadas à segurança e à estabilidade de nossas barragens e evidenciar como são feitos os processos de monitoramento e fiscalização, possuímos um programa de visitas na CSN Mineração, voltado para a comunidade de Congonhas (MG), especialmente para os moradores que moram perto da barragem Casa de Pedra, estudantes, autoridades locais, jornalistas e representantes de veículos de imprensa da região.

Durante as visitas, organizadas de acordo com a demanda, a população tem a oportunidade de sanar todas as dúvidas relacionadas à segurança e à estabilidade das barragens, além de entender como são os processos de monitoramento e fiscalização. Também é explicado o funcionamento da filtragem de rejeitos, tecnologia que filtra os rejeitos decorrentes do processo de beneficiamento. As visitas podem ser agendadas tanto com a área de Relacionamento Institucional – que possui contato permanente com os líderes comunitários – quanto com a área de Comunicação.

Criamos, com o apoio da Fundação CSN, a casa de apoio Espaço Comunidade CSN, localizada no bairro chamado Residencial, em Congonhas (MG), que tem como objetivo ser um canal de comunicação aberto e direto entre a CSN Mineração e a comunidade de Congonhas (MG).